sábado, 10 de janeiro de 2009

Lá se foi outro Lancer

Mais um Lancer foi pro saco na especial de ontem.

Stephane Peterhansel/Jean-Paul Cottret tiveram que esperar para serem retirados pela equipe de apoio. Os franceses sofreram, ontem, com o motor de seu carro: incêndio, aquecimento e, por fim, quebra. Com isso, é o terceir Lancer que apresenta problemas nessa prova. Começou com Alphand (que abandonou por outras circunstâncias), passou para Masuoka e atingiu o nove vezes campeão do rally - sete nas motos, duas nos carros.

Muito provavelmente, apenas a dupla Nani Roma/Cruz Senra restará. Os dois ocupam a quarta posição na geral, mais de quinze minutos atrás de Miller/Pitchford, a Volkswagen. Dificilmente lutará pelo título. A taça, neste ano, pertence aos Touareg.

O que resta para a Mitsubishi é evoluir os Lancer. Carro bonito não significa carro bom. Os novos Mitsubishi são fracos.

Será que Peterhansel olhava para a Pajero Evolution e ficava com saudades?

Um comentário:

Rodrigo Mattar disse...

O novo Lancer é, parafraseando Otto Lara Resende, bonitinho, porém ordinário.