sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Sobre o caso Nelsinho

Não sei existe mais coisa a ser dita sobre o caso de Nelsinho Piquet. Muita gente já falou muita coisa, e não sou em que vou ficar chovendo no molhado. Fiquei chocada com o depoimento de Nelsinho, mas acho que foi a cereja de um bolo que já estava bastante estragado. Se isso vai minar suas chances de voltar para a categoria? Sobre isso, concordo com o Panda: é mais possível que ninguém o queira pelo seu desempenho (ou a falta dele) do que pela denúncia.

Apesar de eu ficar chocada com o fato e Piquetzinho realmente ter se sujeitado a isso para melhorar sua situação na equipe, o que me deixa mais surpresa são pessoas que tentam justificar o ato do brasileiro. Não, não tem justificativa. Me entristece saber que existe gente com aquela mentalidade de que tudo vale por um objetivo. São pessoas que não se importam em puxar o tapete para crescerem; que se acham malandras por falsificar carteirinhas de estudante para pagar meia entrada _e é também por causa delas que hoje em dia a meia entrada custa o preço de uma inteira; que pagam para tirar a carteira de motorista. Ouvi uma vez que uma linha tênue separa os malandros dos bobos. Pois acho que essas pessoas são seres bobos, idiotas. São pessoas que, quando chamam políticos de corruptos, estão sendo totalmente hipócritas, já que elas mesmas são corruptas.

Nelsinho me deixou triste. Não pela sua atitude, mas por ter me mostrado que ainda falta muito, muito mesmo, para que o mundo melhore. What a shame.

Um comentário:

Hugo Becker disse...

Assino embaixo. Não me conformo quando vejo por aí o pessoal tentando justificar sua atitude.