segunda-feira, 20 de julho de 2009

Era pra ser

Foz do Iguaçu (PR) - Algumas pessoas costumam dizer que certas coisas "eram para acontecer". Não encontro outra expressão que melhor descreva a morte de Henry Surtees.

Filho de John Surtees, campeão mundial, Henry tinha 18 anos e conquistara seu primeiro pódio na F-2 na primeira corrida da rodada dupla em Brands Hatch. Morreu após ter a cabeça acertada por um pneu.

Talvez o pneu tenha se soltado mais fácil do que devia do F-2, mas qual é a probabilidade de acertar um piloto dentro de seu carro?

Não foi azar. Era pra ser.

Um comentário:

Hugo Becker disse...

Fiz um post sobre essa questão do pneu ter se soltado ou não, acho que vale a pena vc dar uma olhada.

Foi uma combinação de fatores sequenciais tão improváveis que, como vc disse, cabe aquela expressão do "era pra ser"... cabe o termo "fatalidade"... não dá pra culpar ninguém, o próprio John admitiu isso.

Mas para nós, que amamos automobilismo, é realmente triste.

=*