sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Estômago não-gaseificado

É tudo culpa da soda italiana. Não, é culpa da mocinha do Pizza Hut. Ou do dono do Pizza Hut, que inventou essa história de colocar soda italiana no restaurante.

Acontece que, certo dia, fui comer no Pizza Hut, pedi a tal da brasileira - naquela época não tinha esse troço de super fatia - e, como sempre, fiquei meia hora pensando no que ia beber. Aí a mocinha - guilty! - perguntou por que eu não pedia a tal da soda italiana. Respondi que não tomava coisa com gás - e não tomava mesmo! Mas ela insistiu e eu vi aquela coisa bonita e cheia de gelo. Pedi uma de tangerina.

Eu acho o seguinte: quando você não toma bebida com gás, seu estômago se acostuma à condição de não-gaseificado. O meu era assim. Por isso, tomei o troço em goles curtinhos. E metade ainda ficou no copo.

Só que eu gostei da brincadeira. E pedi outra vez. E outra. E outra. Nunca mais bebi outra coisa naquele bendito lugar. (Aliás, meia coisa, porque quando passo da metade do copo, meu estômago já está pedindo penico).

Outro dia deu um negócio na minha cabeça e eu tomei uma Coca-cola na hora do almoço. Passei o resto do dia me sentindo mal pra cacete!

Mas a gente aprende? Nãão!

Por isso que acabo de jogar meia latinha de Schweppes na pia. Ai, meu estômago!

2 comentários:

Vinícius. disse...

Não acredito que você jogou a latinha de Schweppes fora!
Se eu visse você fazendo isso, eu teria um treco.
*o mais viciado em refri*
hehehhe

Beijos Amandinha!

pupa disse...

Caaara, que maneiro esse texto! Eu também não consigo tomar direito refrigerante. Os do Mc Donalds, eu tomo um gole e começo com o soluço. hahahahah. Schweppes é bom, mas enjoa, sei lá. Eu tomo coca de maneira muito, muito estranha. Enfim, seria um bem gigaantesco abolir isso da vida do ser humano, mas tá todo mundo viciado em refrigerante. Viva o suco!