sábado, 29 de novembro de 2008

Trabalho de formiga também serve

Aprendi com a minha mãe a valorizar todo e qualquer esforço para fazer o bem. "Eu acredito em trabalho de formiga", constuma dizer a senhora Roldan.

Digo isso porque às vezes as pessoas - e me incluo neste grupo - se pegam pensando: "putz... tem gente mandando toneladas de doações para Santa Catarina, que diferença vai fazer o meu quilo de alimento?"

Eu respondo: muita. Porque se todo mundo pensar assim, o um quilo vira dois, três, dez, cem, mil. Por isso, doe o que e o quanto você puder. No momento, o que mais estão pedindo são produtos de higiene, como escovas e pastas de dente, fraldas, absorventes, sabonetes, etc. E água potável, também.

A Folha Online publicou uma lista de locais que aceitam as doações. Fora isso, muitos condomínios, prédios e colégios estão fazendo campanha. Para quem mora perto de Erechim, o EAEC (Erechim Automóvel Esporte Clube) está fazendo coleta de donativos em sua sede - quando tiver o endereço, publico aqui.

Vamos lá, galera. Trabalho de formiga dá uma ajuda danada.

2 comentários:

Vinícius. disse...

É isso aí Amandinha, apoio totalmente.
=DDDD

Beijooooooos

K Gouveia disse...

Amandinha, passei por aqui!
Muito bom teu blog!
bjão