quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Habemus Obama

"Os estadunidenses estão sempre tentando fazer a coisa certa, após terem tentado todas as outras alternativas" Winston Churchill

Em uma das noites em Memphis, fomos a um barzinho assistir a um cover do Elvis. Cantamos, rimos, nos divertimos a beça. Mais para o finalzinho, o cara começou a falar a falar da época em que o Presley estava no exército. "Eu tenho orgulho dos militares", disse Joe - tenho quase certeza que era esse o nome do cara.

"Ah, não", pensei.

"Me orgulho desses homens e mulheres que partem para o deserto em busca da democracia e liberdade!"

WTF?

E aí, depois de todo esse ode aos militares no Iraque, veio "An American Trilogy". Adorava - como adoro até hoje - o instrumental da música, bem como a emoção com que Elvis a canta. Mas, confesso, nunca tinha parado para entender o real significado da música.

Aposto: fui procurar na Wikipedia. Me diz o site que a canção é um medley de três músicas - isso acho que não é difícil saber: duas delas têm relações com a guerra civil estadunidense.

Quando o cara começou, a "estadunidensenada" inteira levantou e botou a mão no peito. Os caras ficavam olhando feio para nós, irlandeses, brasileiros e australianos, que permanecemos sentados durante a música inteira.

Já no finalzinho, veio uma luz vermelha e azul, a bandeira dos EUA atrás do palco e os aplausos entusiasmados da galera. Chocante.

Isso me fez lembrar de uma coisa que Fernando Canzian, repórter especial da Folha de São Paulo, disse certa vez: as pessoas não conhecem a cabeça dos estadunidenses. Fala-se nos grandes centros, mas ninguém pensa em cidades mais "de interior". Memphis não é uma cidade interiorana, mas tem a aparência de tal quando comparada com Chicago, por exemplo.

Naquela hora, minha confiança em Barack Obama titubeou. Será que ele ganharia mesmo? Ou Canzian estava certo ao - infelizmente - apostar em John McCain?

A quarta-feira acordou mais leve. Um aroma de mudança estava no ar. Obama estava eleito. O mundo inteiro começou a sinalizar sua satisfação pela eleição.

Foi lindo.

Habemus Obama.

Um comentário:

Cazuza disse...

A Srta. tem ido no meu blog??

Beijossss!